quinta-feira, 31 de maio de 2012

Nostalgia.

Hoje o dia amanheceu triste, e eu odeio dias parados, porque assim me fazem ficar mais triste ainda...
E pra piorar ainda mais, me fazem pensar em você mais do que o normal. Por que eu sou assim, hein?
Tenho um semblante tão reconfortante, tão feliz, mais isso é apenas um disfarce, o que sinto na verdade, não tem nome, nem explicação, é apenas um modo diferente de enfrentar a vida, sendo otimista, pra ser sincera, otimismo não tem nada haver comigo, mas, enfim...
Aqui neste quarto frio e sólido, eu ouço as músicas mais tristes que você pode pensar, e escrevo coisas mais tristes ainda de mim que fazem lembrar de você.
“Escolhi o pior lugar pra me esconder, me tranquei por dentro de você e não sei mais sair... Ressurgi de onde eu não imaginei e aprendi que eu nunca sei enganar meu coração...” Isto tudo, quem me fala é Ana, e assim como ela, eu nunca sei enganar meu coração, e acho que você também sabe disso. Pois eu sempre me tranco por dentro de você... Você é o escudo que eu uso pra fugir da dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!