sábado, 12 de maio de 2012


“Ei amor, por que você tá fodendo com tudo? Por que insiste em complicar o que é óbvio? Por que você não transforma essas lágrimas em sorrisos? Por que você dói tanto? Ah amor, estou quase desistindo de você. Não quer se tornar mais fácil?”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!