quinta-feira, 31 de maio de 2012

Me quero de volta!

Tem como eu voltar a respirar normalmente? ((me falta cada vez mais ar))
Nunca pensei que fosse ser tão difícil.
Eu me sinto um objeto.
Uma hora colocada em um canto, outra hora noutro.
Sem poder falar.
Sem ter pra onde correr.
...Sentindo falta de tanta coisa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!