segunda-feira, 16 de abril de 2012

Untitled.

Estou com borboletas no estômago. É um inferno. Borboletas de todas as cores habitam no meu corpo e tem dia que eu nem quero saber que dia é.
E como elas estão mesmo lá! Esperando. Sentindo. Vivendo comigo minha pior história. A mais triste.
E eu de coração apertado feito parafuso enferrujado, só queria que ele estivesse aqui, sendo o meu namorado. Simples, né? Só não dava pra sacar porque não rolava mais. Ele havia enchido meus dias de um sol tão forte quanto a tristeza que sinto... E eu, que fiquei durante tanto tempo comendo jujubas na frento do computador, esperando dias melhores...
Não sei ao certo o que ele pensa de mim, de meus desejos, das histórias que conto e de coisas que, se não sei, invento... Mas certa estou de que ele compreende... E aí, que será de mim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!