domingo, 4 de março de 2012

“Mas agora, sozinha na minha casa, comecei a perceber que o destino pode magoar uma pessoa tanto quanto a pode abençoar, e dou por mim a perguntar-me porque razão - de todas as pessoas do mundo inteiro que alguma vez poderia ter amado - tinha de me apaixonar por alguém que foi levado para longe.''

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!