domingo, 4 de setembro de 2011

Estou adiando. Sei que tudo o que estou falando é só pra adiar – adiar o momento em que terei que começar a dizer, sabendo que nada mais me resta a dizer. Estou adiando o meu silêncio. A vida toda adiei o silêncio? Mas agora, por desprezo pela palavra, talvez enfim eu possa começar a falar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!