quinta-feira, 3 de março de 2011

Perda...

 Nos primeiros dias era-me impossível acreditar que havia perdido um ser que eu amava tanto; e com o passar do tempo a verdadeira amargura da tristeza se instalou em nossos corações. Mas chegou o momento em que a tristeza é mais um pretexto que uma necessidade; meu pai estava morto, mas tínhamos deveres que éramos obrigados a executar...




                                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado e volte sempre!